Como criar senhas seguras?

Uma nova conta precisa ser criada para cada serviço digital que as pessoas pretendem usar. É tanta senha que elas, mesmo sabendo que precisam criar senhas seguras, acabam repetindo a mesma para todos os cadastros que realizam.

Isso, somado ao uso de senhas simples, como “abc123” ou “123456”, colabora para que pessoas tenham suas contas furtadas e adquiram enormes dores de cabeça no futuro. Para evitar que coisas assim aconteçam, este post dará dicas de como criar senhas seguras e ficar protegido de furtos. Quer saber quais são? Então, continue conosco!

 

Use senhas com muitos caracteres

Muita gente não sabe, mas os principais programas de roubo de dados fazem testes de força bruta para descobrir qual é a senha que o usuário escolheu. Ou seja, ela vai testando as senhas mais populares, como as citadas no começo deste post, até achar a certa. Recomenda-se que a senha tenha no mínimo 8 caracteres. O ideal é que tenha entre 12 e 16 caracteres. Isso diminui as chances desses algoritmos descobrirem a senha, pois eles começam com testes de senhas pequenas.

 

Coloque caracteres diferentes

Não coloque apenas letras na sua senha. O ideal é misturá-las com números e símbolos. Mas cuidado: nada de colocar seu nome seguido da data de nascimento. O ideal é que os números não tenham associação com as palavras da senha. Misture as letras em caixa alta e caixa baixa para deixar a senha ainda mais forte.

 

Tenha senhas diferentes

Essa dica é muito simples, porém muito importante. Tenha uma senha diferente para cada serviço que cadastrar. Isso ajuda a minimizar o risco de perda caso alguma conta seja roubada, pois o ladrão não saberá a senha dos outros serviços. Parece difícil ter várias senhas diferentes e a próxima dica fala sobre isso.

 

Use um gerenciador de senhas

O gerenciador de senhas é uma ótima opção para que tem dificuldade de guardar senhas diferentes para cada serviço. Esses gerenciadores são criados exclusivamente para isso e possuem muitos mecanismos antifurtos, além de funcionar como uma carteira de anotações de todas as senhas que você tem. Um exemplo de aplicativo para gerenciar múltiplas senhas é o LastPass, que possui versão gratuita.

 

Faça autenticação de dois passos

A autenticação de dois passos não funciona para todos os serviços. Apenas alguns sites, como Facebook e Gmail, oferecem essa funcionalidade. Ela opera como uma confirmação, por meio de um código de autenticação. O usuário precisa verificar por meio de SMS, ligação telefônica ou e-mail um segundo código enviado pela companhia.

Entretanto, ele não é infalível, pois caso uma pessoa mal intencionada roube o acesso ao seu e-mail ela poderia conseguir burlar a autenticação de dois passos. Portanto, fique ligado!

 

Mude a senha com frequência

Por fim, altere as suas senhas com frequência. Alguns serviços enviam e-mails quando detectam algum acesso suspeito à sua conta. Quando isso acontecer, o ideal é trocar a senha o mais rápido possível. Também altere as senhas após usar computadores públicos ou lugares que não são confiáveis.

 
Seguindo essas dicas, você garantirá a segurança de dados contra os ataques de hackers. Em caso de furto, o fato de as senhas serem diferentes minimizará o estrago causado. É importante estar seguro, pois, a cada dia, as pessoas vão ficando mais e mais dependentes de serviços digitais.

 
Relatório do FBI sobre Fraudes por E-mail

 
Gostou do nosso conteúdo sobre como criar senhas seguras para suas contas? Então, não deixe de assinar nossa newsletter para receber conteúdos novos direto no seu e-mail. Para mais informações sobre segurança da informação no ambiente corporativo, entre em contato com nossos especialistas.