Projetos prioritários de Segurança para 2019

Em todo o mundo não existe uma empresa — privada ou pública — que não colete, agregue ou processe dados em seus sistemas de informação. Os dados tornaram-se o ativo mais precioso das organizações. Logo, saber quais os principais projetos de segurança da informação é essencial para uma política de segurança que assegure sua integridade.

Segurança é uma área que pode fazer com que uma empresa perca sua credibilidade perante o mercado. Assim, manter informações digitais confidenciais privadas e proteger sistemas técnicos contra vírus e hackers é fundamental para evitar esse risco.

Proteger uma rede requer uma combinação complexa de dispositivos de hardware, como roteadores, firewalls e aplicativos de software antimalware. Agências e empresas governamentais empregam profissionais de segurança de informação altamente qualificados para implementar planos de cyber security e monitorar constantemente a eficácia desses planos.

Pensando nisso, listamos a seguir os 10 principais projetos de segurança da informação que você deve priorizar na sua empresa. Ficou interessado? Então continue a leitura e entenda de vez tudo sobre esse tema!

 

O que é a segurança da informação?

Ameaças de segurança da informação não se manifestam de forma independente, mas por meio de possíveis contatos com as lacunas no sistema de proteção ou fatores de vulnerabilidade. As ameaças podem levar à interrupção dos sistemas e roubo de dados de usuários/clientes.

A segurança da informação tem por objetivo garantir a confidencialidade, integridade e disponibilidade de dados, sem afetar a produtividade da empresa. Garantir a segurança das informações é um processo de várias etapas para o gerenciamento de riscos e envolve a identificação dos componentes associados, como ativos, vulnerabilidades, fontes de ameaças e possíveis impactos e controles.

Os controles de segurança são os mecanismos pelos quais ela é gerenciada. Há muitos tipos diferentes de controles, como físicos, de políticas e procedimentos, online e soluções técnicas.

 

Por que ela é importante?

Hoje, os principais ataques virtuais contra empresas são conhecidos como ataques dirigidos. Ou seja, seus autores utilizam de conhecimento acessível na internet para buscar informações sobre uma empresa e realizar um ataque personalizado. Dessa forma, há uma maior dificuldade para as organizações se protegerem, pois o ponto de falha é justamente o humano.

As violações de dados afetam regularmente empresas de todos os tamanhos. Muitas vezes, esses incidentes são significativos o suficiente para causar danos irreparáveis ​​à reputação das empresas envolvidas.

Atualmente, as empresas coletam, processam e armazenam quantidades sem precedentes de dados. Uma parte significativa desses dados pode ser de informações sensíveis, como propriedade intelectual, dados financeiros, informações pessoais ou outros tipos de dados cujo acesso ou exposição não autorizados podem ter consequências negativas.

 

Como aplicar em sua empresa?

Além das ferramentas certas, a integração da segurança nos processos de desenvolvimento também é essencial. Novas abordagens para gerenciar o desenvolvimento de aplicativos estão evoluindo rapidamente. O uso de automação e o alinhamento de equipes de desenvolvimento e operações estão permitindo que softwares personalizados e funções de negócios sejam construídos mais rapidamente.

Ter pessoal de desenvolvimento, segurança e operações colaborando em projetos é vital. As equipes de segurança precisam evoluir e se movimentar mais rapidamente para acompanhar e causar impacto.

Além disso, a cultura da empresa é crucial no setor de segurança, pois os usuários finais geralmente encontram novas medidas de segurança que podem afetar negativamente sua experiência de trabalho. Os desafios políticos e culturais da implementação de novos projetos de segurança podem ser difíceis de superar se a educação e a comunicação não fizerem parte do processo.

 

Quais os principais projetos de segurança da informação?

Como garantir que sua empresa esteja bem protegida? O primeiro passo é investir estrategicamente em tecnologia de segurança e melhores práticas que mitiguem o risco de sofrer ataques dirigidos. Para facilitar, delineamos os principais projetos de segurança da informação para qualquer empresa em 2019. Com essas dicas, você pode facilmente iniciar seu projeto de segurança e incorporar imediatamente aqueles que sua empresa ainda não possui.

 

1. Gerenciamento de contas privilegiadas

As redes corporativas estão em constante evolução. As funções de acesso dos funcionários mudam com frequência, dificultando a manutenção de todas as contas privilegiadas sob controle. Credenciais privilegiadas, sistemas operacionais de computadores, bancos de dados e dispositivos de rede altamente regulamentados causam ainda mais confusão ao gerenciar essas contas.

Este projeto tem como objetivo tornar mais robusto o valor da proteção de privilégios em áreas de alto risco com uma abordagem em fases, para expandir a cobertura para contas privilegiadas.

 

2. Gerenciamento de vulnerabilidades inspirado no CARTA

As empresas precisam pensar em como ativar transações quando todas as informações não estiverem disponíveis ou se houver um nível de risco conhecido. Uma mentalidade CARTA permite que as empresas tomem decisões baseadas em risco e confiança. O CARTA leva as empresas a adotarem uma abordagem continuamente adaptável à segurança da informação, porque em um mundo de negócios cada vez mais digital, as decisões binárias — preto ou branco, permitir ou bloquear — não funcionam.

 

3. Anti-phishing ativo

Para empresas que estão sofrendo ataques de phishing, a Gartner recomenda que elas priorizem um projeto anti-phishing ativo. O ideal é que as organizações implantem controles técnicos para bloquear o maior número possível de ataques de phishing, complementando os programas de treinamento ou reconhecimento de usuários já em uso.

Especificamente, as empresas devem procurar controles técnicos da próxima geração para bloquear ataques de phishing no início e fechar as lacunas atuais existentes. Um projeto anti-phishing ativo inclui três aspectos: controles técnicos, treinamento para usuário final e projeto de processo.

 

4. Controle de aplicativos nas cargas de trabalho do servidor

O controle de aplicativos, a prevenção de exploração e a proteção de memória podem fornecer a base para uma estratégia de segurança de servidor forte.

 

5. Microssegmentação e visibilidade do fluxo

Este projeto é ideal para obter visibilidade e controle dos fluxos de tráfego nos data centers. O objetivo é impedir a disseminação lateral de ataques ao data center.

 

6. Detecção e resposta

Considerando que um incidente é inevitável, as empresas devem buscar abordagens de acordo com o comportamento de usuário para detecção das ameaças avançadas, com investigação e obtenção de resposta.

 

7: Gerenciamento da postura de segurança na nuvem (CSPM)

Ambientes de nuvem desconhecidos ou pouco gerenciados podem criar lacunas de segurança significativas que abrem redes para violações de segurança, perda de dados, roubo de propriedade intelectual e problemas de conformidade normativa.

 

8. Digitalização de segurança automatizada

Para as empresas sem recursos para detecção e resposta avançadas a ameaças, é recomendada a contratação de um provedor de serviços gerenciados nessa área.

 

9. Agente de segurança de acesso à nuvem (CASB)

Este projeto é para empresas que atuam especialmente com acesso à nuvem e ajuda a impedir que as redes corporativas sejam vítimas de malware e ameaças transmitidas pelo tráfego da internet e por sites aparentemente inofensivos.

 

10. Perímetro definido por software

Este projeto destina-se em reduzir a área de superfície dos ataques, limitando a exposição de sistemas digitais e informações a conjuntos nomeados de parceiros externos, trabalhadores remotos e contratados.

Gostou do nosso conteúdo sobre os principais projetos de segurança da informação? Então entre em contato conosco e conheça nossas soluções para sua empresa!